VdE | Oficial de Comunicação e Informação | Fundación Ayuda en Acción

 

Objectivo da Posição:

A Fundação Ayuda en Acción é uma organização com presença internacional que, a partir de um compromisso global, luta contra a pobreza, a desigualdade e a exclusão desde o seu nascimento em 1981. Nosso âmbito de atuação está implantado na África, América Latina, Ásia, e desde 2013 também na Espanha. Naqueles territórios e assentamentos com maior vulnerabilidade e menos acesso às oportunidades para poder exercer seus direitos com igualdade e equidade. Uma organização não confessional e apartidária, comprometida com os valores que emanam do respeito aos Direitos Humanos e que cria a necessidade de gerar mudanças que possibilitem a justiça social, apoiando as causas que geram desigualdade de oportunidades, exclusão social e pobreza.

Desde 2019 a Ayuda en Acción tem vindo a desenvolver projectos na área humanitária em Moçambique na Província de Cabo Delgado, no quadro da resposta à crise de deslocamentos internos provocada pela violência armada no centro / norte da Província.

Com a presente posição pretende-se um candidato/a para dar suporte de na aréa de comunicação e informação da organização.

Principais responsabilidades:

  • Identificar e recolher dados, fotografias, vídeos, testemunhos, histórias de vida, etc. para alimentar as diferentes peças de comunicação e os relatórios de monitorização e avaliação dos diferentes projectos do Programa Nacional;
  • Fazer peças de comunicação a nível interno e externo da organização: boletins, entrevistas e textos para a web, entre outros;
  • Preparar os relatórios internos e externos para comunicação sobre os projectos do Programa Nacional;
  • Organizar eventos para a visibilidade da AeA;
  • Participar nas reuniões da AeA e fornecer o apoio requerido para a gestão das operações locais;
  • Apoiar na gestão das relações com os parceiros e participantes dos projectos do Programa Nacional;
  • Manter o centro de conhecimento da AeA Moçambique atualizado;
  • Participar em reuniões com o sector privado e governo.

Requisitos:

Conhecimentos e Experiência:

  • Habilidades de liderança e organização e têm uma abordagem flexível e analítica para resolver problemas;
  • Licenciatura ou Mestrado em Gestão, Comunicação ou Jornalismo;
  • Mínimo 3 anos de experiência em comunicação e Informação;
  • Experiência na concepção, implementação e monitorização de planos de comunicação;
  • Elevadas competências na captação e edição de fotografias e vídeos para a imprensa, redes sociais e diferentes meios de comunicação social;
  • Excelentes competências na redacção de textos adaptados a diferentes formatos e contextos de comunicação: comunicados de imprensa, entradas em blogues, entrevistas em profundidade,
  • Relações e conhecimento dos meios de comunicação importantes a nível de Cabo Delgado e do país;
  • Excelente capacidade analítica e excelente capacidade de se adaptar às mudanças.

Aptidões e competências

  • Fluente nas línguas Português e um nível avançado de Inglês e conhecimento básico de Espanhol;
  • Habilidade para trabalhar de forma independente e para tomar iniciativas;
  • Fluências em línguas locais, é uma vantagem.

Outros requisitos:

  • Bom comportamento e atitude;
  • Capacidade de trabalhar em equipa, de forma independente e sob pressão.

Condiçoes da oferta

  • Incorporação imediata;
  • Bom ambiente de trabalho;
  • Duração do contrato segundo a implementação do projecto com período probatório Baseado na Lei de trabalho de Moçambique;
  • Remuneração de acordo com a política salarial da Ayuda en Acción.

Em todos os processos de selecção teremos em conta os critérios de NÃO discriminação com base no sexo, raça, cor da pele, religião, ideias políticas, origem social, orientação sexual, idade, etc., proporcionando um processo transparente e de igualdade de oportunidades para todos os candidatos, tal como estabelecido no nosso Código de Conduta. "Tratar todas as pessoas com respeito e rejeitar qualquer tipo de assédio, discriminação, intimidação, exploração ou qualquer outra acção contra os Direitos Humanos".

Na Ayuda en Acción temos tolerância zero para comportamentos relacionados com exploração sexual, abuso sexual e/ou assédio sexual, razão pela qual, de acordo com a nossa Política de Protecção da Criança, estamos empenhados em efectuar uma série de verificações antes da contratação, solicitando informações a empregadores anteriores através do Esquema de Divulgação de Má Conduta (The Misconduct Disclosure Scheme misconduct-disclosure-scheme.org) no caso dos referidos empregadores serem membros desta plataforma. Por conseguinte, ao apresentar esta candidatura, o candidato a emprego aceita e autoriza a realização destas verificações a fim de continuar no processo de selecção.

Além disso, será obrigatória a apresentação da "Certificação Negativa do Registo Central de Criminosos Sexuais" antes da incorporação

FAÇA PARTE DO
NOSSO GRUPO DO WHATSAPP

Vagas Mais Procuradas

VdE | Vagas para candidatura espontânea no BCI

VdE | Vagas para Candidatura Espontânea no Moza Banco

VdE | Assistentes de Cliente para balcões | Millennium BIM

VdE - Faça Parte do Nosso Grupo de Vagas no WhatsApp

VdE | Vagas para Candidatura Espontânea na Total Energies

VdE | Auxiliar Administrativo | Medimoc Group

VdE | Vagas para Candidatura Espontânea no Nedbank

VdE | Recém Graduados ITs Universidades | Millennium BIM

VdE | Vagas para Candidatura Espontânea na CONTACT

VdE | (4) Estagiários | Conformática Limitada