Vagas por Província

VdE | Facilitadores Para Seminários De Reflexão Sobre Mudanças Climáticas | AMODEFA

 

AMODEFA pretende contratar Facilitadores para Seminários de Reflexão Sobre Mudanças Climáticas.

Contextualização

A AMODEFA – Associação Moçambicana para o Desenvolvimento da Família é uma organização sem fins lucrativos cuja missão é liderar, advogar e assegurar os direitos e acesso aos serviços sexuais e reprodutivos integrados e de qualidade de forma inclusiva, em especial para adolescentes e jovens, numa abordagem baseada nos direitos. Fundada em 1989, com mais de 33 anos de existência, a AMODEFA é líder na abordagem sobre Saúde Sexual e Reprodutiva e actualmente preside o Secretariado Executivo da Coligação para a Eliminação das uniões forçadas – CECAP.

Em África, os efeitos das mudanças climáticas são visíveis em vários setores, incluindo agricultura, mineração, energia, turismo e vida selvagem, fabricação, entre outros. Os impactos na economia e na sociedade são numerosos e evidentes na maior parte do continente através do aumento das catástrofes naturais, incluindo secas extremas e inundações que resultam em insegurança alimentar, aumento da migração interna relacionada com o clima, temperaturas extremas e produtividade laboral fraca, vindo principalmente do estresse térmico durante as estações mais quentes em algumas partes do continente.

Segundo a ONG GermanWatch, Moçambique ocupa o primeiro lugar na lista dos países mais vulneráveis às alterações climáticas, depois de ter sido afetado em 2019 pelo Idai e Kenneth, que fizeram cerca de 700 mortos. Moçambique é especialmente vulnerável aos efeitos das Mudanças Climáticas devido à sua localização geográfica na zona de convergência inter-tropical e a jusante de bacias hidrográficas partilhadas, à sua longa costa e à existência de extensas áreas com altitude abaixo do actual nível das águas do mar. Contribuem para a sua vulnerabilidade e baixa capacidade adaptativa, entre outros factores, a pobreza, os limitados investimentos em tecnologia avançada e a fragilidade das infra-estruturas e serviços sociais, com destaque para a saúde e o saneamento.

No país, as Mudanças Climáticas manifestam-se através de alterações nos padrões de temperatura e precipitação, do aumento do nível das águas do mar, de eventos climáticos extremos tais como secas, cheias e ciclones tropicais que afectam diferentes regiões do país todos os anos. As consequências incluem a perda de vidas humanas, de culturas agrícolas, de animais domésticos e fauna bravia, a destruição de infra-estruturas sociais e económicas, o aumento da dependência da ajuda internacional, o aumento dos preços dos produtos agrícolas, a deterioração da saúde humana, desrespeito aos Direitos humanos, a degradação ambiental e perda de ecossistemas

s Mudanças Climáticas representam um retrocesso aos esforços do Governo e seus parceiros no combate à pobreza e persecução dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Tendo em conta este cenário e suas implicações sobretudo para Mulheres e raparigas que carregam o peso de muitas da maioria das consequências negativas das alterações climáticas, incluindo uma exposição maior à violência baseada no género, a AMODEFA pretende Contratar 3 Facilitadores para facilitarem 4 seminários de Reflexão sobre mudanças climáticas envolvendo ONGs, Governo, UN e Parlamentares em quatro províncias, sendo o mesmo facilitador (1) para Maputo Cidade(29/11/2022),  e Maputo Província(30/11/2022), 1 para Zambezia e 1 para Nampula.

Objectivo

  • Promover no participante a capacidade de analisar as causas e as consequências da mudança do clima, buscando oferecer um conhecimento compreensivo sobre a questão;
  • Integrar distintas áreas do conhecimento (incluindo SSRD) relacionadas ao tema das mudanças climáticas e estabelecer as bases necessárias para uma análise das consequências da mudança do clima, assim como indicar a relação entre mitigação e adaptação, considerando os respectivos objetivos, princípios e contextos;
  • Refletir sobre os desafios enfrentados pelos jovens, Mulheres e em particular as raparigas, no acesso aos serviços de saúde sexual e reprodutivo no âmbito de desastres naturais.

Produtos Esperados

  • Proposta de termos de referência e agenda claros para um seminário de Reflexão sobre mudanças climáticas envolvendo ONGs, Governo, UN e Parlamentares;
  • Relatório do seminário de Reflexão sobre mudanças climáticas envolvendo ONGs, Governo, UN e Parlamentares.

Metodologia

  • Como metodologia de trabalho, propõem-se um método expositivo, com recurso a exibição de power point, mas sempre num ambiente de interação para esclarecimento de dúvidas e para uma maior apropriação dos conteúdos abordados e impacto nas/os participantes, propõem-se o uso de  uma abordagem participativa e interactiva, partindo das experiências vivenciadas pelas/os participantes para analisar como os processos correram e que possibilidades de mudança e consciencialização em relação a mudanças Climáticas são propostas.

Material a ser entregue

  • Bloco de Notas e canetas.

Resultados esperados

  • Promover no participante a capacidade de analisar as causas e as consequências da mudança do clima, buscando oferecer um conhecimento compreensivo sobre a questão;
  • Integrar distintas áreas do conhecimento (incluindo SSRD) relacionadas ao tema das mudanças climáticas e estabelecer as bases necessárias para uma análise das consequências da mudança do clima, assim como indicar a relação entre mitigação e adaptação, considerando os respectivos objetivos, princípios e contextos;
  • Guiar os participantes a refletirem sobre os desafios enfrentados pelos jovens, Mulheres e em particular as raparigas, no acesso aos serviços de saúde sexual e reprodutivo no âmbito de desastres naturais.

Participantes local e data

  • Serão convidados 30 participantes para cada seminário, dos quais, ONGs, Governo, UN, Parlamentares, membros do YAM e STAFF da AMODEFA. Os seminários irão decorrer no dia 29 de Novembro de 2022 na cidade de Maputo, Zambezia, Nampula e no 30 de Novembro de 2022 na Província de Maputo (Locais ainda por confirmar).

Programa

  • A ser proposto pelo facilitador. O seminário terá a duração de um dia 8 horas.

Formas de pagamento

  • 100% na aceitação do relatório final do seminário.

Apresentação de Propostas

  • O processo é realizado no âmbito do concurso público. As pessoas individuais ou entidades interessadas deverão enviar o CV, proposta financeira (considerando todos os impostos e despesas incorridas na realização da facilitação) e TORs e Agenda para o seminário;
  • As propostas devem ser enviadas via e-mail para o seguinte endereço eletrónico: candidaturas@amodefa.org.mz, Indicar no assunto “Seminário de Reflexão MC”- AMODEF

FAÇA PARTE DO
NOSSO GRUPO DO WHATSAPP

Vagas Mais Procuradas

VdE | (10) Oficiais Distritais de Mudança Social e de Comportamento | N´wet

VdE | Recepcionista Administrativo | Organização Comunitária para Saúde e Desenvolvimento

VdE | (3) Supervisores de Campo | N´weti

VdE | Motorista | CARE Internacional

VdE | Assistente de Servico ao Cliente | ABSA

VdE | Oficiais de Crédito Estagiários | Futuro MCB, S.A

VdE | 10 vagas para Brigadistas/ operários | Conselho Municipal de Maputo

VdE | Administrativo e Gestor de Escritório | Direccione Consultants

VdE | Assistente de Gestor de Recursos Humanos | Conformática Sociedade Limitada

VdE | Oficial de Procurement | Associação ActionAid Moçambique (AAMoz)