VdE | Gestor Provincial de serviços clínicos | Elizabeth Glaser Pediatric AIDS Foundation (EGPAF)

 

A Elizabeth Glaser Pediatric AIDS Foundation (EGPAF) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Gestor Provincial de serviços clínicos (M/F), baseado em Inhambane.

Descrição

O/A Gestor Provincial de serviços clínicos, tem a responsabilidade primária de colaborar com a DPS e outros parceiros na implementação de actividades programáticas da EGPAF a nível provincial assim como assegurar operacionalização de intervenções estratégicas a nível Provincial que visem das metas e os objectivos do programa em todas Unidades Sanitárias apoiadas pela EGPAF.

O/A Gestor provincial de serviços clínicos é responsável por capacitação das equipas provinciais e Distritais da EGPAF, para que estas sejam capazes de dar assistência técnica às equipas da DPS/SPS, SDSMAS e pessoal de saúde nas Unidades Sanitárias, para garantir um acesso abrangente e de qualidade de HIV/SIDA, TB/MQ, SMI, PTV, DREAMS, VBG e CACUM. O gestor está sob supervisão do director provincial e tecnicamente recebe apoio do director técnico da EGPAF.

Responsabilidades

Planificação

  • Deve se familiarizar e dominar todos os aspectos do programa de EGPAF da Província na base dos documentos existentes;
  • Desenvolver um plano anual de actividades compreensivo e detalhado da área técnica da Província;
  • Responsável final do alcance das metas da área programática e aspectos técnicos do programa.

Recursos Humanos

  • Tem a responsabilidade de ajudar seus subordinados a desenvolver seus planos de trabalho alinhados com a componente programática (prioridades e desafios), as actividades a realizar e as metas a atingir;
  • É responsável para a avaliação do desempenho da sua equipe e deve assegurar actividades com objectivos “SMART” dos subordinados a medir de maneira objectiva de acordo com o organigrama.

Coordenação

  • Tem a responsabilidade de coordenação, de interacção e integração da equipa clínica a nível provincial;
  • Formação da sua equipe técnica (formal/continua);
  • Pela qualidade do trabalho da equipa técnica obtida a traves participação nas reuniões, de visitas conjuntas, de formações e tutoria clínica directa;
  • Directamente responsável da equipe técnica nas áreas seguintes existentes (não exaustivas);
  • Área Clinica e seus Assessores Clínicos;
  • Área de Saúde Materno Infantil e seus tutores;
  • Área de apoio psicossocial e comunitário e seu(s) psicólogo(s);
  • Tuberculose e Melhoria de qualidade;
  • Componente programático das Clinicas móveis e seu oficial;
  • É o primeiro responsável dos assuntos técnicos na Província e o ponto de contacto e de referência para a interacção com a DPS/ MISAU/CDC;
  • Participar nos encontros de MISAU na Província principalmente (e no nível nacional como requerido);
  • Interagir com seus contrapartes do MISAU e os AT-DPS-EGPAF para melhor coordenação de todas as actividades na Província;
  • Interacção com outros parceiros de cooperação do MISAU na Província na área técnica/clinica.

M&E

  • Tem a responsabilidade de olhar criticamente, analisar e supervisionar os resultados da monitoria e avaliação regulares do programa a traves das ferramentas em uso e submeter relatórios regulares como requerido;
  • Precisa facilitar e contribuir nas diferentes pesquisas em curso na Província e se mostrar pró-activo para propor novos temas de pesquisa.

Requisitos

Essencial

  • Médico Generalista ou Pediatra com experiencia comprovada mínimo e pelo menos 5 anos de experiência trabalhando em programas de HIV/SIDA (clínico) e saúde internacional;
  • Mestrado em saúde pública ou outra graduação equivalente será uma grande vantagem;
  • Experiencia na gestão de programa e gestão de equipe clinica multidisciplinar de mínimo 3 anos;
  • Experiência clínica extensiva e excelente conhecimento de cuidados e tratamento para adultos e crianças infectadas com HIV e programa PTV, Tutoria Clínica, formação, formação continua e supervisão.

Desejável

  • Excelente compreensão dos questões clínicas actuais e literatura em tratamento do HIV/SIDA adultos e pediátrico (e adulto) e do PTV;
  • Habilidades e Conhecimentos na capacitação institucional e sistemas de desenvolvimento;
  • Habilidades e Conhecimentos no uso da avaliação dos cuidados e ferramentas de melhoria de qualidade;
  • Conhecimentos sobre o Ministério de Saúde de Moçambique, incluindo a política e estrutura de gestão a nível nacional e provincial;
  • Facilidades de Trabalhar em equipa e comunicação interpessoal;
  • Habilidades de comunicação oral e escrita;
  • Flexível para efectuar viagens frequentes aos distritos;  
  • Fluente Português falado e escrito; bom conhecimento de Inglês; domínio da língua local (Changana) seria uma vantagem;
  • Energético, independente, habilidade de relacionamento e adaptação em ambientes multiculturais;
  • Domínio na aplicação do Microsoft Office (Excel, Word, PowerPoint, Outlook).

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Nota: Como uma organização global, multinacional e multicultural, a EGPAF acredita que a diversidade no local de trabalho enriquece o nosso trabalho e aumenta o nosso impacto e eficácia. Acreditamos que os trabalhadores têm o direito de trabalhar num ambiente de respeito mútuo e integridade que promova a dignidade e o respeito por todos e que lhes permita atingir seu pleno potencial. A Fundação está empenhada em promover a diversidade, equidade, inclusão e pertencimento (DEI&B), e encorajamos fortemente aqueles com as seguintes identidades a se candidatarem: BIPOC (negros, indígenas e outras pessoas de cor), mulheres e não binários, LGBT + (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros), indivíduos com deficiência e outros membros de grupos historicamente sub-representados. A Elizabeth Glaser Pediatric AIDS Foundation (EGPAF) oferece oportunidades iguais de emprego a todos os trabalhadores e candidatos a emprego, independentemente de raça, cor, religião, sexo, nacionalidade, idade, deficiência ou genética. Além dos requisitos da Lei Federal, a EGPAF cumpre as Leis Estaduais e Locais aplicáveis ​​ que regem a não discriminação no emprego em todos os países em que a Fundação possui programas. A Fundação não cobra taxas em nenhuma fase do processo de recrutamento. Se você for solicitado a pagar uma taxa em qualquer estágio do recrutamento, entre em contato com fraud@pedaids.org.

Processo de Candidatura

Link: 

Validade: 04/08/2022

Local: Inhambane




FAÇA PARTE DO
NOSSO GRUPO DO WHATSAPP

Vagas Mais Procuradas

VdE | Estágio em Recursos Humanos | WFP

VdE | Digitadores de Dados | Jhpiego

VdE - Faça Parte do Nosso Grupo de Vagas no WhatsApp

VdE | Recepcionista | CIS

VdE | Assistente De Coordenador De Campo | Solidarités International - SI

VdE | Assistente Administrativo | World Vision

VdE | 8 vagas para Assistentes e pontos focais | PIRCOM